X

Torre logística e a importância da sua tecnologia para o setor de agronegócio

Caroline Borba 18 de Maio de 2022

Torre logística e a importância da sua tecnologia para o setor de agronegócio


Entenda como essa ferramenta pode maximizar eficiências e reduzir custos

A atividade agrícola e a logística são parceiras de longa data e essa não é uma informação nova para ninguém. A novidade para alguns pode estar no fato de que a união de ambas é hoje um grande diferencial competitivo no agronegócio, uma vez que contribui para que gestores e empresários invistam em melhorias na cadeia produtiva. 

A grande questão é que já não basta lançar a semente no chão, investindo em insumos e métodos de irrigação, sem que exista um pensamento estratégico sobre os processos logísticos, a fim de integrar ações na busca por redução de custos e aumento da produtividade.
 
Entendendo a importância da logística no agronegócio
Embora os fundamentos e a essência dos negócios do campo não tenham mudado no decorrer do tempo, é preciso compreender com profundidade como operações planejadas de armazenamento, transporte e distribuição, empregadas através da torre de controle logística, colaboram para o êxito da produção.

A modernização de processos, por meio da tecnologia que integra todos os processos da cadeia de suprimentos, permite que os gestores possam conhecer as condições mais favoráveis para a preparação da terra, produção, colheita, armazenagem, aquisição e transporte de insumos para o plantio, além da entrega final. Tomando assim, decisões que resultem em um alto nível de eficiência no gerenciamento do negócio, por meio de uma visão completa e em tempo real de todas as suas etapas.

É fato que poucos compradores se dão conta de todo malabarismo feito pelos administradores até que a mercadoria chegue aos armazéns dos clientes. Para quem está do outro lado do balcão, a discussão se resume em cláusulas contratuais, qualidade do produto, impostos e taxas a serem pagas. Porém, mesmo sem se preocupar com as etapas que antecedem a negociação, é o comprador quem paga pelo custo embutido de cada uma delas no valor final do produto. 

Como a torre de controle logístico maximiza a eficiência e reduz custos operacionais?
A cadeia logística do agronegócio não está resumida apenas ao transporte, mas ao custo individual de todas as suas etapas, que evidencia a necessidade de atenção ao modelo de gestão e as tecnologias nele empregadas. 

O uso de sistemas e ferramentas modernas de gerenciamento possibilita que o gestor planeje, monitore e controle as operações em tempo real e de forma totalmente online. Em resumo, esse recurso torna possível acompanhar uma operação mesmo a distância, por meio de equipamentos instalados no campo, não apenas no solo, mas também durante o transporte logístico, independente do modo como ele é realizado. 

Qual o custo disso?
A popularização desta tecnologia tornou o seu custo de implantação acessível para todos os produtores rurais e CEOs do agronegócio, que desejam otimizar a gestão de suas operações. Fazendo da ferramenta que permite saber o que os equipamentos produtivos estão fazendo neste exato instante, em um recurso viável e capaz de trazer as informações para a palma da mão de seus administradores. 

Quer ser capaz de medir o tempo produtivo de seus tratores, colheitadeiras e demais maquinários do campo, e assim economizar tempo e dinheiro? Comece investindo em tecnologia.





Quer receber nossos conteúdos?

Newsletter
Next Post

Próximo Post

Executivos de seguradoras visitam estande da Delta no South Summit Brasil

18 de Maio de 2022

Posts relacionados

Agora que você já sabe mais sobre a gestão de parque de máquinas, que tal simplificar também a sua gestão de frotas? Conheça o Delta Fleet!